quinta-feira, 9 de novembro de 2017

Ogams da Primavera e como utilizá-las - Parte Final

Estas Ogams têm seu significado para talismã na página 140 do livro “Ogam – A Magia Celta Revelada”:

Tinne – esta Ogam tem duas funções: pode ser usada para despertar a sensualidade, a libido, o respeito e admiração pelo seu corpo exatamente como é agora, sem receios, preconceitos, bloqueios. Tinne proporciona, dentre outras coisas, a arte de sentir e dar prazer através do seu corpo e do corpo do outro, além de favorecer a compreensão e superação de preconceitos na área sexual; ou Tinne pode auxiliar na difícil tarefa de harmonizar potenciais, gostos, opiniões, preferências opostos em si mesmo, aprendendo a uni-los e a utilizá-los para atingir seus objetivos, bem como poderá ajudar a unir um grupo de pessoas muito heterogêneas ou que não estão se entendendo, despertando em você não só o dom da harmonia e conjugação dos opostos, mas também da persuasão, pois ninguém sabe convencer como Tinne.

Coll – esta Ogam proporciona visão, reconhecimento e compreensão dos sinais que os deuses enviam em resposta à busca espiritual. Coll como talismã não tem o poder de lhe dar o conhecimento, pois quem busca o conhecimento é você e quem concede a sabedoria são os deuses.
No entanto, Coll pode ajudá-lo a ver o caminho que o conduzirá a este momento, desde que você passe a trilhá-lo dispondo-se a praticar a espiritualidade com a mente, o coração e o espírito abertos, procurando verdadeiramente se aprimorar, aprender e evoluir.

Quert – use este talismã para atrair e encontrar o amor verdadeiro, a pessoa capaz de amá-lo incondicionalmente, a quem você igualmente amará, vivenciando a maravilhosa experiência de amar e ser amado em retribuição, alcançando a felicidade emocional plena com o outro.
Essa Ogam proporciona a união mágica, o casamento místico, o encontro de almas afins num relacionamento harmônico, feliz e duradouro que nem mesmo a morte poderá separar.

Ogam vertical e seus significados para uso como talismãs


Utilize as Ogams como talismãs sempre com profundo respeito, e você terá a seu favor grandes aliados no Outro Mundo para conquistar seus sonhos e objetivos. Permita que esta sabedoria ancestral te surpreenda!

A deusa que há em mim saúda a deusa/o deus que há em você!


L.M.Black

segunda-feira, 9 de outubro de 2017

OGAMS QUE REGEM A PRIMAVERA - PARTE 2



Dur (pags. 127/133; 292/293; 339 do livro “Ogam – A Magia Celta Revelada”) – a árvore associada a esta Ogam é o carvalho. Seu título no Ogam Black, ou seja, para meu clã, é “Mestres da Magia”. Dur representa as druidisas e druidas do passado, que foram grandes mestres da Magia Celta e dominavam as Ciências e as Artes deste e do Outro Mundo, além de serem guardiões das tradições e histórias dos povos celtas.
No entanto, é sabido que os carvalhos atraem raios, e embora sejam extremamente resistentes, esta Ogam não pode jamais ser usada como talismã, a menos que se deseje ser fulminado por um raio, físico ou espiritual.
Use Dur apenas em rituais, encantamentos e meditações com o intuito de encontrar um mestre que o guie em qualquer área na qual deseje aprofundar seus conhecimentos e sua experiência, pois Dur atrairá para seu caminho a pessoa ou pessoas, encarnada ou desencarnada, e/ou a(s) situação(ões) capaz(es) de lhe proporcionar o aprofundamento necessário ao aprendizado almejado e à sua evolução.
No entanto, esteja ciente que Dur exigirá de você posturas espiritual, física, emocional e mental adequadas, capazes de demonstrar que você é merecedor de receber tais ensinamentos. Dur provê mas cobra seu preço.

segunda-feira, 25 de setembro de 2017

OGAMS QUE REGEM A PRIMAVERA E COMO UTILIZÁ-LOS - Parte 1

O Ogam está dividido em cinco grupos ou Aicme, cada grupo composto por cinco letras ou feda. E cada um desses grupos está intimamente ligado a uma estação do ano, de acordo com sua função vibracional e de atuação em todos os planos. No calendário celta do Clã Black, as estações do ano são:

- Inverno - Aicme Beithe;
- Primavera - Aicme Huath;
- Verão - Aicme Muin;
- Outono - Aicme Ailm e
- Outono - Período do Não-Tempo (do Samhuin até a véspera do Solstício de Inverno) - Aicme na Forfid.

 Portanto, são Ogams associadas à Primavera: Huath, Dur, Tinne, Coll e Queirt.
Na Primavera, o domínio terra/madeira predomina, sendo um bom período para iniciar projetos de trabalho, negócios, investimentos, empreitadas profissionais, para buscar ascenção e crescimento na sua área profissional e aumentar seus ganhos materiais. Enfim, tudo o que está ligado à área financeira, profissional e dos bens materiais está também ligado à Primavera e ao Aicme Húath.


Como trabalhar com as Ogams para obter crescimento profissional/material 

quarta-feira, 9 de agosto de 2017

PRÁTICA DE LEITURA DE OGAM - 12/08/17



Com a proximidade do Workshop para leitura de Ogam na Casa de Bruxa neste sábado, dia 12/08, decidi descrever brevemente as atividades que estão por ocorrer nesta tarde que, estou certa, será maravilhosa:

1) Abordarei brevemente três pontos cruciais para oraculistas: a) o que torna um oráculo realmente eficiente; b) o que torna uma leitura de oráculo certeira e eficaz; e c) recomendações importantes ao oraculista, como proteção, locais adequados e inadequados para as consultas, a dinâmica das energias durante uma leitura, dentre outros.

2) Parte prática na qual demonstrarei os métodos de leitura de Ogam constantes no meu livro, especialmente a leitura da Árvore Celta da Vida, para a qual providenciei um gráfico grande para melhor visualização. Interpretaremos cada Ogam aplicada a casos concretos, isto é, às questões suscitadas pelos participantes, aproveitando para dividir minha experiência de mais de treze anos com o Ogam.

Os participantes também terão a oportunidade de interpretarem o Ogam uns para os outros, além de discutirmos sobre a abertura da segunda visão, o Talismã de Fedelm - como confeccioná-lo e consagrá-lo, e outros pontos afetos à Arte Divinatória com Ogam.

Por fim, conversaremos sobre o lado sombrio das Ogams e a Bérla Fortchide ou A Linguagem Oculta da Magia Celta gravada e contida nos símbolos ogâmicos, em suas árvores sagradas, fadas e histórias encantadas.

Conto com sua presença!

A deusa que há em mim saúda a deusa/o deus que há em você!


sexta-feira, 14 de julho de 2017

Bibliografia do livro "Ogam - A Magia Celta Revelada"

Para todos aqueles que desejam saber quais fontes utilizei para escrever meu livro, segue:



BIBLIOGRAFIA  REFERENCIADA

Parte 1

BAIMA, Cesar. Línguas indo-europeias teriam surgido no que hoje é a Turquia, Jornal O Globo, 24/08/2012

BALTER, Michel. Mysterious Indo-European homeland may have been in the steppes of Ukraine and Russia, revista Science, 13/02/2015
BALTER, Michel. An Earlier Birth for Indo-European Languages?, revista Science, 26/11/2003